A juíza Elbia Rosane Araújo tomou posse, na noite deste sábado (03), como nova presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB) – entidade que reúne os cerca de 800 juízes e desembargadores da Justiça estadual. A solenidade aconteceu no Salão Nobre do Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, e contou com as presenças do novo presidente do Tribunal de Justiça (TJBA), Desembargador Gesivaldo Britto, e representantes de diversos órgãos e instituições. A nova presidente substitui o juiz Freddy Pitta Lima e comandará a Associação no biênio 2018/2019. Ela terá como 1º vice-presidente o desembargador Abelardo da Matta e 2ª vice-presidente a juíza Angela Bacellar. “O Poder Judiciário é o instrumento garantidor do direito do cidadão. Por isso, é fundamental que nós, magistrados, estejamos cada vez mais próximos da população. É importante que o corpo social reconheça o papel do juiz e as dificuldades que este enfrenta diariamente”, afirmou a magistrada em seu discurso. A valorização da atividade, segundo ela, passa pela garantia de uma estrutura adequada e de ferramentas que possibilitem o bom andamento no exercício da profissão. “A AMAB tem defendido e se empenhado em propor soluções para minimizar os problemas que afligem a todos”, destacou. A juíza Elbia Araújo é titular da vara Crime na comarca de Mata de São João, na Região Metropolitana. Ingressou na magistratura em 1999, com primeira titularidade na comarca de Acajutiba. Seguiu depois para Terra Nova e Coração de Maria. Também foi juíza auxiliar nas cidades de Cipó, Camaçari e Lauro de Freitas. Formada em Direito pela Universidade Católica do Salvador (UCSal), é pós-graduada em Direito e Magistratura, em Direito Eleitoral e em Ciências Criminais. Também foram empossados no Conselho Deliberativo os magistrados Rita Ramos, Newcy Paixão Cunha, Andréa Tourinho Araújo, Eduardo Barreto, Eduardo Padilha, Wander Cleuber Lopes, Roberto Costa de Freitas Júnior, Horácio Pinheiro e Ananias Freire. Já o Conselho Fiscal será composto pelos magistrados Icaro Almeida Matos, Paulo Cesar Bandeira de Melo Jorge, Lina Falcão, Maria Helena Lordelo e João Pinheiro.