Com Bolsonaro presente, Congresso promulga PEC dos Auxílios

0

Promulgação dá sinal verde para o governo definir como serão feitos os pagamentos dos auxílios previstos na proposta

O Congresso Nacional promulgou, nesta quinta-feira (14/7), a emenda à Constituição derivada da PEC dos Auxílios. A matéria injeta R$ 41,25 bilhões para ampliação de programas sociais e criação de outros benefícios às vésperas da eleição. O presidente Jair Bolsonaro (PL) participa do ato. A promulgação dá o sinal verde para o governo definir como serão feitos os pagamentos dos auxílios previstos na proposta.

Bolsonaro defendeu que a PEC surgiu de um esforço concentrado entre o Executivo e o Legislativo para contornar as recorrentes altas da inflação e no preço dos combustíveis.

“Junto com o Parlamento venceremos esse desafio. A coragem não faltou nessas Casas [Câmara e Senado]. E eu tenho muito a agradecer a esse Parlamento, que aprovou medidas úteis e saudáveis. Somos parceiros: Parlamento e o Executivo são irmãos e vivemos em plena harmonia. Dependemos um do outro”, defendeu o presidente na sessão.

O chefe do Executivo federal chegou ao Congresso acompanhado dos ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira; da Secretaria de Governo, Célio Faria; de Minas e Energia, Adolfo Sachsida; e do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

A sessão é comandada pelo presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Além dos integrantes do Palácio do Planalto, também participam: o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL); o líder do governo no Congresso Nacional, senador Eduardo Gomes (MDB-TO); líder do governo no Senado, Carlos Portinho (PL-RJ); o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), e o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins.

Leave A Reply