Sede da PGR amanhece pichada com nome de ‘Procuradoria-Geral do Bolsonaro’

Foto: Reprodução

Na madrugada deste sábado (30), a sede da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, foi alvo de pichação e foi renomeada de “Procuradoria-Geral do Bolsonaro”. Em comunicado à imprensa, a PGR afirmou que “repudia o ato de vandalismo”.

“A Procuradoria-Geral da República repudia o ato de vandalismo contra sua sede,  que já se encontra em investigação para responsabilização civil e criminal do ato que danificou patrimônio público. As medidas de reforço na segurança das unidades de todo o país serão tomadas com a maior rapidez possível. Bem como as demais medidas administrativas que se fizerem necessárias”, disse a PGR.

Bolsonaro disse, em entrevista à rádio Jovem Pan, que Augusto Aras, atual procurador-geral da República, não deve ser apontado para uma das duas vagas ao STF que estão sob sua tutela.

Mas, segundo ele, “se aparecer uma 3ª vaga”, Aras entra “fortemente” no páreo para uma possível indicação.