Polícia Federal volta a investigar escândalo do transporte escolar em Uauá no ano de 2014

Na manhã de hoje (15) Uauá recebeu visita de uma equipe da Polícia Federal. Ao que tudo indica a PF segue investigando o escandaloso esquema de superfaturamento na execução do serviço de Transporte Escolar no município no ano de 2014.

De acordo com informações obtidas pelo site uaua.com.br, a Polícia Federal esteve na escola do Caldeirão da Serra hoje em busca de informações referentes às linhas fraudadas do transporte escolar referente a 2014 a 2016, gestão do Ex-prefeito Olímpio Cardoso e seus asseclas.

A verificação seria acerca de informações do transporte escolar das possíveis linhas duplicadas e super faturação das mesmas.

O esquema investigado pela Polícia Federal chegou a ser objeto de uma CPI na Câmara Municipal de Vereadores, no mesmo ano, e também objeto de investigação do Ministério Público Federal.

Para relembrar, o contrato de transporte escolar firmado em 2014 entre o município e a Empresa CLN apresentava distorções, com quilometragens excessivas e absurdas, dados superestimados, rotas equivocadas e graves suspeitas de fraudes, um prejuízo milionário ao erário público.