O prefeito de Euclides da Cunha, Luciano Pinheiro (PDT), durante o 6º Encontro de Prefeitos da Bahia, nesta sexta-feira (16), no Senai-Cimatec, no bairro de Piatã, em Salvador, pontuou “grandes dificuldades” dos gestores municipais. “Primeiro é a folha de pagamento dos professores. Problema decorre devido aos planos de carreira que foram rodados sem avaliação do impacto. Os prefeitos têm que fazer reordenamento da rede. Revisar os planos de carreiras”, disse, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com ele, os recursos federais são insuficientes e as emendas impositivas têm um prazo muito largo para serem empenhados aos municípios.