Portal Uauá
Uauá site da cidade

Vacinação contra febre aftosa é prorrogada até o dia 15 de junho na Bahia

- Anúncios-

A vacinação contra a febre aftosa na Bahia foi prorrogada até o dia 15 de junho, segundo informações da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adab). A imunização começou no dia 1º de maio e, inicialmente, iria até hoje, 31.
Conforme a Adab, a prorrogação se deu por conta do desabastecimento de vacinas nos últimos dias em algumas regiões do estado, seguida dos impactos sobre a distribuição e vacinação.
Ainda de acordo com a agência, até o dia 21 de maio a Bahia tinha recebido 7.798.480 doses de vacina contra febre aftosa, das 11.600.000 previstas. O estoque atual é de 4.076.650 doses. No entanto, segundo a Adab, a maioria da carga encontra-se estocada nas distribuidoras, devido às restrições de logística para distribuí-las junto aos revendedores.
A Agência de Defesa Agropecuária do Estado informou que 9,8 milhões de animais devem ser imunizados na Bahia. A meta estabelecida representa 96% da taxa de vacinação do rebanho.
Na segunda fase da campanha, os produtores têm até 15 dias para declarar a vacinação junto a Adab pela internet, no site da agência, ou nos escritórios do órgão distribuídos pelo estado.
Segundo a Adab, o produtor deve adquirir as vacinas em uma revendedora autorizada ou loja de produtos agropecuários devidamente cadastrada na agência, EM JAGUARARI A ÚNICA LOJA AUTORIZADA É A PROVET, DO VETERINÁRIO RODRIGO CRUZ, situada na Praça Lauro de Freitas (Praça da feira).
De acordo com a Adab, a Bahia está livre da febre aftosa há 21 anos. O objetivo é manter o estado com status de zona livre da doença, concedido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), pelo 17º ano consecutivo.
A Adab alerta, os proprietários que não vacinarem o rebanho durante o período da campanha, e não fizerem a declaração serão multados no valor de R$ 53 por cabeça não vacinada e R$ 160 por propriedade não declarada, ficando impedido de vender ou transportar o rebanho.
A agência ressalta, ainda, a necessidade da vacina contra a Brucelose. O produtor deverá declarar outros animais como equídeos, ovinos, caprinos, suínos, aves e peixes.
Ao manter o cadastro atualizado, o produtor pode ter acesso aos programas do Governo, com distribuição de animais, milho e financiamentos bancários.
A FEBRE AFTOSA
Segundo a Adab, a febre aftosa é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta animais de casco fendido, como os bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos. Pode ser transmitida principalmente pelo contato entre os animais doentes e sadios. O vírus pode ser transportado pela água, ar, alimentos, pássaros e pessoas que entrem em contato com animais doentes.
Em nota, o diretor de Defesa Sanitária Animal, Rui Leal, explicou que “a enfermidade provoca restrições sanitárias e comerciais ao estado e ao país, desvalorização no preço da arroba, desemprego no setor frigorífico e pode causar embargos comerciais a outros produtos, como o farelo de soja, frutas e exportação de carne de frango e suína, além de grande impacto social e econômico”.
DECLARAÇÃO VIA WEB
Para ter acesso à declaração da vacina via internet, o produtor deve colocar login e senha no portal e será direcionado para a tela do serviço, onde irá gravar a evolução do rebanho, informar os nascimentos e mortes, e declarar o rebanho existente e vacinado.
Além disso, o sistema permite consultas à Ficha Sanitária e a emissão da Guia de Trânsito Animal – GTA, desde que o produtor cadastre antes, junto ao Escritório da ADAB, um valor pré-pago para emissão da GTA.
A Adab informou que produtor que ainda não tiver senha de acesso ao sistema, deve se dirigir a um dos escritórios da agência, com documento de Identidade e CPF; comprovante de residência; e documento que comprove a titularidade da propriedade; conforme estabelecido na Portaria Adab N° 115/2014. No caso de arrendatário, apresentar o Contrato de Arrendamento, Aluguel de Pasto, Comodato ou Parceria.
Mais informações estão disponíveis no tutorial disponível no site da Adab ou pelos telefones (71) 3116-7861/7824/8427.
*Por G1 BA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.



Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies