Maduro reage a declaração de Guaidó como presidente e rompe relações com os EUA: 'Aqui vamos ao combate'

O presidente venezuelano Nicolás Maduro acusou nesta quarta-feira (23) os Estados Unidos de dirigirem uma operação para impor um golpe de estado, horas depois de o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, ter se declarado presidente interino do país. Os EUA foram o primeiro país a reconhecer Guaidó como presidente interino — o Brasil também o fez. Na terça-feira,…