Portal Uauá
Uauá site da cidade

Tcm altera programação semanal de sessões de julgamento

Com o objetivo de melhor organizar e racionalizar o trabalho, os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia decidiram alterar o calendário semanal e os horários das sessões de julgamento do Pleno do Tribunal e das suas duas Câmaras. Assim, a partir do dia 14 de setembro, as sessões do Pleno serão realizadas todas às terças e quintas-feiras, das 10 horas às 13 horas. E a partir do dia 15 as sessões das Câmaras serão realizadas às quartas-feiras – pela manhã, das 10 horas às 13 horas, a da 2ª Câmara; e à tarde, das 14 horas às 17 horas, as da 1ª Câmara. As sessões, tanto do Pleno quanto das Câmaras, poderão ser prorrogadas por decisão dos presidentes dos colegiados, e processos eventualmente não julgados voltarão a ser pautados após publicação no Diário Oficial do TCM com antecedência de 48 horas.

A mudança já se fazia necessária, segundo a equipe de técnicos encarregada do estudo, desde a aprovação há dois anos do novo Regimento Interno – instrumento legal que estabelece as normas de funcionamento da Corte –, que ampliou a relação de processos cuja análise passou a ser de responsabilidade das Câmaras. Exemplos são as contas anuais das câmaras municipais, de entidades descentralizadas, denúncias, termos de ocorrência, representações, repasses de recursos, concessão de pensões e aposentadorias, entre outras matérias.

As sessões do Pleno do TCM, hoje, vêm sendo realizadas – desde o início da pandemia da Covid-19 –, por meio eletrônico, às terças, quartas e quintas-feiras, a partir das 10 horas, e não há horário de encerramento previamente estabelecido. As sessões das Câmaras, às terças e quartas-feiras, têm início logo após o término das sessões do Pleno. Isto, segundo o presidente do TCM, conselheiro Plínio Carneiro Filho, tem causado uma série de inconveniências e mesmo desconforto a todos os envolvidos nas sessões, sejam conselheiros, procuradores de contas, servidores do Tribunal, sejam jurisdicionados, procuradores, advogados e mesmo cidadãos que se interessam em acompanhar as sessões de julgamento.

Isto porque, hoje, é impossível se determinar o horário de início das sessões das Câmaras – já que depende do encerramento das sessões do Pleno. E frequentemente, como os trabalhos do Pleno se estendem, as sessões das Câmaras começam já no início da tarde – sem que se respeite um intervalo para o almoço – e se prolongue até às 15 horas e mesmo às 16 horas – o que causa desnecessário desconforto.

As sessões do Pleno e das Câmaras, segundo o presidente Plínio Carneiro Filho, a partir do dia 14 de setembro, já nos dias da semana e horários pré-fixados, continuarão a ser realizadas – como ocorre há mais de um ano, em função da pandemia – por meio eletrônico. E transmitidas para acompanhamento do público em geral, pelo canal do TCM na plataforma Youtube.

Para a volta das sessões presenciais – ainda sem data prevista – o TCM está promovendo adaptações físicas no auditório do plenário e instalando equipamentos tecnológicos para permitir a transmissão das sessões e garantir o amplo direito de defesa, inclusive com manifestação oral de jurisdicionados ou de seus representantes.
Assessoria de Comunicação
Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies