Portal Uauá
Uauá site da cidade

Rinite Alérgica: diagnóstico gratuito ajuda pacientes

Rio de Janeiro, RJ 23/9/2020 – Com grande recorrência entre os pacientes acometidos por problemas respiratórios, a Rinite Alérgica tem tratamento e controle, diferentemente do que muitos acreditam

Segundo dados disponibilizados pela OMS, Organização Mundial da Saúde, 30% da população brasileira sofre com algum tipo de alergia. Destes, 25% são portadores da Rinite Alérgica, trazendo ao problema a maior recorrência em todo o globo.

Embora ainda existam multifatores relacionados ao desenvolvimento da rinite – entre eles, ambientais e genéticos -, ignorar o problema não é a melhor solução: com a possibilidade de crises frequentes e até mesmo pré-disposição para outras infecções respiratórias, tratar o problema o quanto antes é a melhor saída. 

“Se considerarmos que a Rinite pode ser aguda ou crônica, e que em ambos os casos teremos sintomas que duram por muito tempo, variando de uma semana a meses, adiar o tratamento não é indicado, uma vez que a qualidade de vida do paciente é muito impactada”, comenta Diener Frozi, médico e fundador do projeto “Viva Sem Alergia”.

Nesse sentido, procurar um especialista pode ser a tão esperada solução. “Sei o quanto isso faz diferença na vida de uma pessoa, por isso, o Viva sem Alergia se empenha em realizar o seu trabalho, oferecendo uma via de tratamento amigável e flexível”, aponta. 

Entre os diferenciais do projeto, estão consultas e testes gratuitos. Basta agendar pelo site, telefone ou WhatsApp e o paciente terá atendimento sem custo algum. Alguns testes e tratamentos também são gratuitos e, quando isso não acontece, os valores são diferenciados e não existe nenhum tipo de obrigatoriedade de finalização do tratamento com o projeto. 

“Sabemos que o acesso ao sistema de saúde nem sempre é uma realidade. Queremos mudar isso e nosso primeiro passo foi trazer médicos para tratar alergias em Duque de Caxias, São Gonçalo e Campo Grande”, diz Diener.

Diagnóstico

Coriza, coceira no nariz e nos olhos, tosse e respiração oral. Esses são apenas alguns dos sintomas que podem apontar a presença da Rinite Alérgica em um paciente. Entretanto, para que um diagnóstico seja assertivo, outros fatores serão observados. 

“Além de entender o histórico do paciente, também realizamos testes cutâneos. Estes, são capazes de medir a reação do corpo diante de possíveis alérgenos. A melhor parte é que o resultado fica pronto em menos de vinte minutos”, diz Diener. 

A partir dos resultados, é possível agir: entre os tratamentos, um dos mais indicados – e oferecido pelo Viva Sem Alergia – é a imunoterapia. A vacina é capaz de trazer uma resposta eficaz e duradoura.  

Para finalizar, Diener enfatiza a importância de um diagnóstico e tratamento: além de atrapalhar a mastigação e causar dificuldades para engolir e acentuar uma respiração incorreta, casos de Rinite Alérgica podem caminhar para quadros mais graves, como asma. 

 “Não podemos nos acostumar com sintomas que nos atrapalham no dia a dia. É preciso reconhecer os problemas e tratá-los de maneira incisiva. Com a democratização da informação e do tratamento, tornando-o acessível, sabemos que o Viva Sem Alergia fará diferença na vida de muitos cariocas e, um dia, de muitos brasileiros”, acentua Diener. 

Tratamento diferenciado 

Com missão de oferecer tratamento, controle e prevenção de alergias e doenças imunológicas a pacientes de todo o Rio de Janeiro, usando como base inicial a Baixada Fluminense, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, o projeto Viva Sem Alergia oferece consultas e exames gratuitos – ou com preço mínimo. 

Atualmente, as unidades do projeto estão em Duque de Caxias, Campo Grande, São Gonçalo e Avenida Rio Branco, no centro do Rio de Janeiro. 

O projeto tem ainda uma parceria que conta com equipe médica dedicada em conjunto com a Cruz Vermelha de São Gonçalo: tudo isso para garantir e democratizar o acesso a tratamentos de forma humanitária e eficaz. Saiba mais: https://www.vivasemalergia.com.br/

Website: https://www.vivasemalergia.com.br/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies