Após decisão monocrática, no âmbito do STJ, revogando a liminar que  beneficiaria Isaac Carvalho, no TSE,  em que Isaac buscava junto a Suprema Corte a validação dos votos que obteve para deputado federal, negado no dia 03 de Dezembro, nesta quinta-feira, 13, a decisão pode ser decisiva para o ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho (PCdoB), no intuito de consolidar a sua ascensão ao cargo de Deputado Federal a partir de 2019.
O processo contra Isaac foi incluído em mesa para julgamento  pela quinta turma, na sessão do  Superior Tribunal de Justiça (STJ), com previsão para ser julgado às 13h, desta quinta-feira. Isaac foi condenado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) pela suposta prática de crime de (desvio de verba pública – prefeito) do art. 1º, III, do Decreto-Lei n. 201/67. Pesa sobre ele, se mantida a condenação,  à pena de 01 (um) ano, 11 (onze) meses e 10 (dez) dias de detenção, em regime aberto.
Aos que torcem a favor e contra o ex-prefeito de Juazeiro que busca validar os 100.549 mil votos que o consagraram nas urnas, será um dia de muita expectativa, um vez que os votos recebidos nas urnas ainda não o confirmaram para o mandato de deputado federal.

Edição: Adailton Santana / uaua.com.br