Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prenderam na noite deste sábado (16) um homem suspeito de estar envolvido no assassinato de dois irmãos em um bar localizado na Estrada Ivo Macris, em Americana, São Paulo, em Março deste ano.
O homem foi preso em um estabelecimento comercial de Paulínia, cidade onde reside, e não resistiu a prisão. Segundo o delegado titular da DIG, Antonio Donizete Braga, o homem já tinha a prisão temporária decretada e ainda não foi ouvido pela equipe.

Foto: Facebook/Divulgação

Homicídios aconteceram em bar na Estrada Ivo Macris, que liga Americana a Paulínia
Os irmãos Leonis Ramos Ferreira da Silva e Lázaro Ferreira da Silva, de 26 e 31 anos, foram mortos a tiros em um bar na madrugada do dia 25 de março. Um terceiro homem, de 26 anos, também foi baleado na ocasião, mas sobreviveu ao ataque. Esse homem deve ser chamado para reconhecer se o suspeito preso participou do crime.

Segundo a Polícia Militar, uma funcionária do bar relatou que estava se preparando para fechar o estabelecimento, momento em que foi para uma parte interna do local e ouviu vários tiros em seguida. Quando voltou para a área comum, se deparou com os três baleados. Testemunhas informaram à Polícia Civil que houve um desentendimento entre os irmãos e um outro homem que também estava no bar, e que a desavença entre os três seria antiga.
No momento dos disparos, havia cerca de 50 pessoas no bar, além de música alta no interior do estabelecimento e nas imediações, onde era realizado um baile de forró. Nenhuma arma foi encontrada.