Após vinte dias, o incêndio que atingiu a zona rural de Pilão Arcado, no norte da Bahia, foi totalmente controlado. O fogo destruiu a caatinga remanescente, entre os povoados de Mandarino e Brejo da Serra, matando animais silvestres e atingido diversas propriedades. Nenhuma pessoa, no entanto, fico ferida.
Como este Blog mostrou na semana passada, o 9º Grupamento de Bombeiros (GB) de Juazeiro disse que a dificuldade maior para conter o incêndio era a distância entre os focos.
O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) fará o levantamento sobre o tamanho da área atingida, mas, segundo informações, estima-se que seja mais de 100 km. O incêndio foi combatido com a ajuda de brigadistas de outras localidades da Bahia e de voluntários. (foto/divulgação)