Um homem identificado como Edinaldo Siqueira de Albuquerque, foi preso neste sábado (28), na região na região do município de Mundo Novo, por exercer ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista. Ele atuava no distrito de Umbuzeiros. Segundo o Conselho Regional de Odontologia (CRO-BA), Edinaldo estava atendendo uma mulher no momento em que foi preso.

A cliente prestou depoimento na delegacia do município e relatou já ter sido atendida anteriormente por ele. Vários moradores da localidade também disseram  frequentar o consultório de Dadinha, como é conhecido na região, por se tratar de um “bom dentista”. Ele fazia extrações dentárias por R$50 reais e cobrou R$ 400 da última paciente para realizar duas extrações e uma ponte.  

Segundo dados do Conselho Regional de Odontologia (CRO-BA), esta é a 27ª prisão de profissionais ilegais somente este ano no estado. O falso dentista  pode responder pelo exercício ilegal da Odontologia e cumprir pena de seis meses a dois anos de prisão. 

BN