Portal Uauá
Uauá site da cidade

Modelo de gestão de sistemas águas e saneamento é referência na Bahia

- Anúncios-

Modelo de gestão de sistemas águas e saneamento é referência na Bahia

Modelo de gestão de sistemas águas e saneamento é referência na Bahia

A Bahia é considerada referência no que se refere ao modelo de gestão de sistemas de água e saneamento para atender moradores da zona rural. O Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, financia a implantação de sistema de abastecimento e de sanitários, enquanto a Central de Associações Comunitárias garante a gestão, operação e manutenção.  

Um modelo que já beneficia 73.417 mil habitantes com a chegada de água e banheiro em suas casas. Já foram feitas 10.070 novas ligações de água e 5.297 ligações recuperadas em todo o estado. A meta é que, em 2022, chegue a 23 mil ligações de água. Além disso, foram construídos 198 novos sistemas de abastecimento e 2.702 módulos sanitários. 

São duas Centrais de Associações Comunitárias Abastecimento de Água, localizadas em Jacobina e em Seabra. Até o fim deste ano de 2021, o Governo do Estado vai inaugurar mais uma central, no município de Caetité, para avançar no abastecimento de água potável.  

Uma estratégia de gestão associativa, de baixo custo e de manutenção simplificada com coparticipação das comunidades locais, onde a manutenção dos sistemas e o tratamento da água são feitos pelos operadores locais, escolhidos pelas Associações Comunitárias, que são treinados e orientados pelas Centrais para a prestação de serviços.  

Segundo o coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral, o projeto dá maior suporte na logística para o atendimento aos usuários dos sistemas de água e, também, para avançar na profissionalização dos processos, garantindo a sustentabilidade das centrais: “O Bahia Produtiva apoia essa iniciativa para fortalecer e ampliar as Centrais proporcionando empoderamento dessas comunidades.  

O gerente da Central de Seabra, Leonardo Athayde, lembra que foi na Bahia que surgiu o primeiro modelo de gestão Central, em 1995, replicado para os estados do Ceará, Piauí e, agora, Pernambuco: “Cada modelo de gestão tem suas particularidades, mas todos surgiram através do modelo de gestão Central. Um modelo de gestão é autossustentável e uma solução eficaz para o saneamento rural, mas que depende muito do apoio do Governo do Estado. Isso vem acontecendo na Bahia com o projeto Bahia Produtiva”.  

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), cofinanciado pelo Banco Mundial. A execução dos sistemas é feita pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS).  

Assessoria de Comunicação

Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies