Portal Uauá
Uauá site da cidade

Mais de R$ 1,9 milhão são disponibilizados para seis cidades atingidas por desastres naturais

- Anúncios-

Mais de R$ 1,9 milhão são disponibilizados para seis cidades atingidas por desastres naturais.

Autorizações de repasses foram publicadas nesta quarta-feira (14) no Diário Oficial da União (DOU). 

MDR também reconhece situação de emergência em nove municípios Brasília (DF).

Chuvas intensas e alagamentos atingem municípios do Rio Grande do Sul

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) está destinando R$ 1,9 milhão para seis cidades que foram afetadas por desastres naturais, como inundações, chuvas intensas e granizo. Elas estão localizadas nos estados do Amazonas, Mato Grosso, Bahia e Minas Gerais. As autorizações de repasse foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (14). O maior repasse será para o município de Juruá (AM), por conta das inundações que atingiram a localidade. São R$ 816,5 mil para aquisição de cestas básicas, combustível, kits de limpeza e de higiene, entre outros.

Nesta terça-feira (13), o MDR já tinha reconhecido a situação de emergência para a cidade por procedimento sumário. A medida ocorre em casos de desastres de grandes proporções e com base apenas no requerimento e no decreto de emergência ou de calamidade do estado ou município. O objetivo foi acelerar as ações federais de resposta aos desastres. Em Minas Gerais, dois municípios vão receber recursos federais: Pequeri (R$ 414 mil) e Eugenópolis (R$ 73,4 mil). A primeira cidade foi atingida por chuvas intensas e vai utilizar o repasse para restabelecimento de asfalto em algumas partes da cidade. Já a segunda vai reconstruir o telhado de famílias em vulnerabilidade social que tiveram suas casas danificadas por conta de uma chuva de granizo. Já em Mato Grosso, Aripuanã terá acesso a R$ 347,6 mil.

Por sua vez, Nova Maringá vai receber R$ 30,3 mil. As duas cidades vão investir os valores no restabelecimento de pontes que não suportaram as chuvas intensas. Por fim, Ribeirão Largo, na Bahia, receberá R$ 238,2 mil, que servirão para a recuperação de pontes e bueiros espalhados pela cidade que foram danificados por conta das chuvas intensas. Para solicitar os recursos federais destinados a ações de defesa civil, os estados e municípios afetados por desastres naturais devem ter decretada a situação de emergência ou o estado de calamidade pública. Em seguida, o reconhecimento federal deve ser solicitado ao MDR, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres Naturais (S2ID). O pedido deve atender aos critérios da Instrução Normativa n. 36/2020.

Situação de emergência

Também nesta quarta-feira (14), o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) concedeu o reconhecimento federal de situação de emergência a nove municípios. A maioria por conta da estiagem: Caetanos, Cordeiros e Sento Sé, na Bahia; São Jerônimo, no Rio Grande do Sul; e Ribeirópolis, em Sergipe. As chuvas intensas atingiram as cidades mineiras de Manhuaçu, Pedra Bonita e Sobrália. Já o granizo afetou o município de Alegre, no Espírito Santo. Após a publicação do reconhecimento federal por meio de Portaria no Diário Oficial da União (DOU), o estado ou município pode solicitar recursos para restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura danificada pelo desastre. Com base nas informações enviadas por meio do S2ID, a equipe técnica da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada Portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.



Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies