Portal Uauá
Uauá site da cidade

Justiça determina fechamento de cadeia da delegacia de Curaçá; laudos apontaram riscos à segurança e saúde dos presos

- Anúncios-

A Justiça da Bahia determinou o fechamento da cadeia da delegacia de Curacá, no norte da Bahia. A determinação foi um pedido do Ministério Público (MP-BA), após relatórios do Corpo de Bombeiros e laudos da Vigilância Sanitária e do Departamento de Polícia Técnica (DPT), que indicaram riscos à segurança e saúde dos presos, inclusive quanto à proliferação de doenças infectocontagiosas no local.

A decisão foi tomada no dia de 7 de fevereiro, mas divulgada na terça-feira (16). Segundo o MP-BA, o estado realizou a transferência de todos os presos que estavam lotados na carceragem da delegacia para o conjunto penal de Juazeiro.

Na decisão, o juiz Paulo Ney de Araújo proibiu que a cadeia receba qualquer preso ou adolescente apreendido, a não ser detenções de no máximo 24h, para realização de transferência. Ele ainda previu multa de R$ 10 mil por cada detento que permaneça na unidade carcerária de forma irregular.

“É inegável e claro o descumprimento por parte do estado da Bahia, pelo menos no tocante à cadeia pública de Curaçá, de seus deveres de implementar as condições básicas exigidas pela lei de execução penal para a manutenção dos presos, que restam acautelados sem um mínimo de salubridade e de higiene”, afirmou o juiz na sentença.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que toda decisão judicial enviada à pasta é prontamente acatada e cumprida. A Seap ainda disse que o Conjunto Penal de Juazeiro, antes da decisão, já contava como 1.060 internos a mais do que a caapcidade.

Confira mais notícias do estado no G1 Bahia.

Participe do grupos no WhatsApp
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Participe do grupos no WhatsApp

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies