Portal Uauá
Uauá site da cidade

Arie Halpern: soluções de transporte urbano aéreo ampliam desafio da mobilidade

- Anúncios-

6/11/2020 – Não há dúvida de que nas próximas décadas terá uma grande transformação nos meios de transporte e soluções de mobilidade aérea urbanaTáxis aéreos urbanos evidenciam a disparidade entre os sistemas de mobilidade das cidades.

A Embraer criou uma nova startup para continuar o projeto do veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVTOL) e serviços associados. O eVTOL já passou por testes iniciais em simuladores e a previsão é lançá-lo ainda nesta década. A nova empresa, batizada Eve, ficou incubada por quase quatro anos na EmbraerX, está desenvolvendo um portfólio completo de soluções em mobilidade aérea urbana. A EmbraerX integra o Uber Elevate (projeto de transporte aéreo compartilhado e acessível da Uber) desde 2017.

Não há dúvida de que nas próximas décadas terá uma grande transformação nos meios de transporte e soluções de mobilidade aérea urbana (Urban Air Mobility – UAM) são as mais promissoras.

Paris, que, segundo estudo da McKinsey, que analisou 80 indicadores de modais de transporte em 24 grandes cidades, é a segunda classificada atrás somente de Singapura, lançou seu primeiro táxi aéreo elétrico. Em fase de testes nos arredores da cidade, o VoloCity deve estrear nas Olimpíadas de Paris, em 2024. A capital francesa tem um dos sistemas de transporte mais desenvolvidos, com opções voltadas principalmente para pedestres e ciclistas e já possui infraestrutura muito desenvolvida para o transporte não motorizado.

Produzido pela startup alemã Volocopter, o VoloCity é o primeiro eVTOL a obter licença comercial e promete reduzir a poluição e o congestionamento de tráfego em áreas urbanas. Com capacidade para transportar duas pessoas, o piloto e um passageiro, ele tem autonomia para viagens curtas de até 35 quilômetros. A startup chinesa Ehang também está fazendo testes de voos autônomos com drones para transporte de passageiros e cargas. A diferença, nesse caso, é que são veículos autônomos.

A Europa concentra a maioria das cidades com melhor mobilidade, onde a maior parte da população utiliza transporte coletivo, oferecem opções boas e seguras para pedestres e são bem integradas regional e internacionalmente com redes aéreas e ferroviárias. Fora da Europa, Singapura ocupa o primeiro lugar em diversas avaliações, principalmente, pelo foco no tráfego voltado para o futuro, com o primeiro sistema ferroviário automatizado e estradas planejadas para veículos autônomos. É importante, porém, considerar seu tamanho e a consequente complexidade frente às grandes áreas urbanas de cidades como São Paulo, Cidade do México, Moscou e Pequim, para citar algumas.

Mas o desafio da mobilidade urbana possui níveis muito distintos no mundo, fazendo com que as diferenças sejam enormes e algumas soluções estejam longe da realidade. As cidades brasileiras, por exemplo, estão muito atrás, mesmo entre outras metrópoles sul-americanas, no que diz respeito à mobilidade de pedestres.

Segundo um levantamento do Pedestrians First – ITPD, menos da metade da população das principais capitais do país consegue acessar serviços de saúde e educação a pé em uma distância de até um quilômetro. E menos de 20% das cidades possuem infraestrutura cicloviária próxima a estações de trens e metrô, sem falar no grande predomínio do transporte individual. Grande parte dos municípios sequer possui sistema de transporte coletivo e, em muitos dos que o possuem, as opções são limitadas. Num estudo que avaliou o custo e o tempo necessários para o deslocamento diário de casa para o trabalho em 74 cidades no mundo, sete das oito capitais brasileiras avaliadas ficaram entre as 20 últimas classificações.

A evolução da tecnologia está possibilitando soluções que irão revolucionar a logística urbana e melhorar a qualidade de vida das pessoas trazendo benefícios para as cidades. No entanto, a desigualdade de condições econômicas e sociais, não só entre países, mas também entre as cidades e a população de um mesmo país, fazem com que opções como os veículos de mobilidade urbana aérea pareçam ainda um filme de ficção científica para muitos.

Website: http://www.ariehalpern.com.br/solucoes-de-transporte-urbano-aereo-ampliam-desafio-da-mobilidade/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies