Portal Uauá
Uauá site da cidade

Empresas apostam na recuperação de carrinhos e boletos no ecommerce usando o WhatsApp

- Anúncios-

6/11/2020 – 90% dos brasileiros usam o WhatsApp para enviar mensagens de texto, tanto para trabalho, como lazer e até comprasAdicionar produtos ao carrinho e não finalizar as compras é um comportamento comum entre os brasileiros, sabendo disso uma das estratégias dos lojistas é entrar em contato com esses possíveis clientes e oferecer melhores condições para finalizar o pedido e fidelizar o cliente; especialista lista dicas para realizar esse processo

Cerca de 82,3% dos carrinhos gerados em e-commerces brasileiros são abandonados? Isso é o que diz os resultados do mercado online brasileiro apresentado pelo estudo E-commerce Radar. Outro dado relevante é o número de lojas virtuais que cresceu durante a pandemia. Para se ter uma ideia,  somente em março surgiram 80 mil novas lojas virtuais, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Além disso, o Compre&Confie aponta que, em abril, o e-commerce brasileiro faturou R$9,4 bilhões, um aumento de 81% em relação ao mesmo período de 2019. Esses dados demonstram que empreender no mundo digital se torna uma oportunidade cada vez maior e que por meio de algumas técnicas é possível aumentar o faturamento e fidelizar clientes. 

Uma das estratégias de aumentar o faturamento no e-commerce é enviar lembretes pelo WhatsApp. Mas, como enviar mensagens de forma individual é cansativo, existem soluções no mercado que ajudam a resolver esse problema. “Quem vende produtos pela internet deve saber que muitos de seus clientes montam um carrinho, mas não concluem a compra. Só nesse processo é possível perceber que várias compras são perdidas. Como forma de solução e para ficar no pé desses consumidores, muitas pessoas utilizam o e-mail para “lembrar” sobre o carrinho de compras e boletos esquecidos. Porém é preciso ter em mente que o perfil das pessoas na rede social tem mudado muito e cada vez menos elas acessam os e-mails”, aconselha Bruno Brito, sócio-proprietário da Empreender. 

A maioria das lojas utilizam uma plataforma de e-commerce, que oferecem apenas recursos de e-mail, então para recuperar carrinhos e boletos via WhatsApp em lojas como Woocommerce, Loja Integrada, Tray, Nuvemshop, Hotmart e Shopify também existem soluções como o  Sak.com.br que se integra com todas as plataformas, ajudando a lembrar os consumidores que o carrinho cheio está esperando para ser finalizado, ou que o boleto da compra ainda não foi pago, usando mensagens personalizadas de forma automática ou manual pelo o WhatsApp do cliente”,  diz Bruno Brito, sócio-proprietário da Empreender.

Ele ainda explica que a ferramenta pode ser aplicada para qualquer segmento de e-commerce. “Vale para quem vende roupa, cursos, eletrônicos, enfim, qualquer nicho. Ela é superfácil de mexer, inclusive, temos um curso online sobre assistente virtual, que ensina a usar ferramentas de atendimento e recuperação de carrinhos e boletos”, complementa o empreendedor.

O Brasil, atualmente, é um dos países que tem o maior número de instalação do WhatsApp no mundo. Segundo uma pesquisa da  Panorama Mobile Time/Opinion Box, 90% dos brasileiros usam o WhatsApp para enviar mensagens de texto, tanto para trabalho, como lazer e até compras.

Abaixo, Bruno Brito lista mais estratégias para potencializar as vendas do e-commerce: 

Integre todos os processos: para realizar o processo de venda é necessário ter um time integrado e contar com estratégias de atendimento, marketing digital e comunicação. “Existem diversas formas de iniciar a abordagem, analisar um possível cliente e acompanhá-lo até o pós-venda. Mas, quando integramos esse processo e  sabemos quem visitou a loja, conseguimos colocar em prática estratégias de conversão, criando dinâmicas de atendimento, que ajudam a  potencializar a conversão e o pós venda da sua loja”, revela Bruno.

Análise seus relatórios e métricas de resultado: por meio de algumas ferramentas é possível saber o perfil e comportamento de todos que acessam o site. “Mais do que recuperar esses clientes, podemos saber onde estamos acertando e falhando, ter uma análise certa do atendimento, entregas e possíveis falhas”, aconselha o especialista. 

Mais informações em: https://sak.com.br

Website: https://sak.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.



Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceito Leia mais

Privacidade& Política de Cookies