União Brasil lança oficialmente ACM Neto como candidato ao governo da BA

0

Ex-prefeito de Salvador disputa a eleição para governador do estado pela primeira vez.

União Brasil da Bahia aprovou, em convenção estadual, nesta sexta (4), a escolha do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, como candidato do partido ao governo do Estado. No evento, foi também confirmado como vice o nome da empresária Ana Coelho, do Republicanos (PRB), e a candidatura do deputado federal Cacá Leão (PP) ao Senado.

SAIBA MAIS

A oficialização do nome de ACM Neto foi realizada no Centro de Convenções de Salvador. Essa é quinta oficialização de candidatura ao governo da Bahia dentro do período para realização das convenções partidárias, que termina nesta sexta, conforme o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nascido em Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, mais conhecido como ACM Neto, tem 43 anos. Ele foi prefeito de Salvador por oito anos, entre 2013 e 2020.

“Minha principal bandeira de campanha é a convicção de que a Bahia precisa passar por um processo de mudança. Quando olhamos as principais questões da Bahia a gente enxerga problemas. Os que estão aí há 16 anos tiveram muitas chances e a situação real é que a Bahia é campeã nacional em violência e último lugar na educação. É hora de mudar. Sinto que nasce espontaneamente no coração dos baianos a mudança, uma nova perspectiva”, comentou.

Neto chegou ao evento pouco depois das 10 horas. Antes da convenção, o ex-prefeito de Salvador conversou com a imprensa. Ele estava acompanhado dos colegas de chapa Ana Coelho, candidata a vice, Cacá Leão, candidato a senador, além do prefeito de Salvador, Bruno Reis, do presidente da União dos Prefeitos da Bahia, Zé Cocá, e do presidente do União Brasil na Bahia, Paulo Azi.

O salão principal do Centro de Convenções ficou lotado. Antes do discurso de ACM Neto, foi exibido um clipe com o remake do jingle que marcou a campanha do avô do candidato, ACM, ao governo da Bahia em 1990. Com a bandeira da Bahia nos ombros, ACM Neto chorou durante a exibição do vídeo, enquanto o público cantou a canção.

“Espero que o governo da Bahia seja o resultado de todas as visões. Peguei pessoas de visões diferentes. Aprendi na minha vida a dar oportunidade e chance a gente fora da minha bolha. Reúno experiência de mais de 20 anos de exercício da vida pública”, completou.

ACM Neto lança candidatura ao governo da Bahia — Foto: Divulgação

ACM Neto lança candidatura ao governo da Bahia — Foto: Divulgação

Candidata ao posto de vice

A candidata a vice de ACM Neto, Ana Coelho, é CEO do Grupo Aratu, proprietário da TV Aratu, afiliada do SBT na Bahia. Ela é filiada ao Republicanos (PRB).

Publicitária de formação, é presidente da Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP). Ela é esposa do deputado estadual Tiago Correia (PSDB).

“Me senti honrada pela oportunidade de poder ser a primeira mulher vice-governadora da Bahia. Precisamos de mais protagonismo. Tenho estudado questões de educação e segurança, mas a bandeira da representatividade feminina é uma que pretendo ouvir, trabalhar e defender”, afirmou.

Além do União Brasil, outros partidos da coligação realizaram convenções no evento, que ainda oficializou a candidatura do deputado federal Cacá Leão para o Senado. O deputado tem 42 anos e é o atual vice-líder do Progressistas na Câmara dos Deputados. O também deputado federal Ronaldo Carleto (PP) será indicado como primeiro suplente de Cacá.

Criticas a adversários

Em referência ao adversários, Neto criticou o fato de que eles estão mais preocupados em citar aliados políticos de projeção nacional, como é o caso de Lula na campanha de Jerônimo Rodrigues, e Bolsonaro na ações de João Roma.

“Meus adversários falam mais dos padrinhos do que de si próprio. O presidente escolhido vai ter que governar o Brasil. Dia primeiro de janeiro é na porta do governador da Bahia que o povo vai bater para cobrar as soluções para o povo. Resolvi pegar minha mão e estender com o povo.”

Alianças

ACM Neto vai contar com uma coligação que tem 13 partidos: União Brasil, PP, Republicanos, PSDB, PDTPSCSolidariedadeCidadaniaPodemosPRTBPTB, DC e PMN.

A chapa tem destacado os apoios de gestores do interior. O candidato do União Brasil tem mais apoiadores entre as 30 maiores cidades do estado. Neto tem repetido que “nunca houve, em toda a história do nosso estado, uma candidatura de oposição com tanta força”. Entre os aliados mais recentes estão o PP, que durante quase 14 anos, entre 2009 e 2022, esteve ao lado do PT no governo do estado.

Trajetória política

Nascido em Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, mais conhecido como ACM Neto, tem 42 anos. Ele foi prefeito de Salvador por oito anos, entre 2013 e 2020.

Advogado formado pela Universidade Federal da Bahia, ele é neto do ex-governador da Bahia e senador Antônio Carlos Magalhães (1927-2007). Antes de ser prefeito de Salvador, foi eleito deputado federal pela primeira vez em 2002 e, depois, renovou mais duas vezes o mandato, como o parlamentar mais votado da Bahia.

Foi presidente do Democratas entre 2018 e fevereiro de 2022, quando o Tribunal Superior Eleitoral confirmou a fusão entre o partido e o PSL, autorizando a criação do União Brasil, do qual Neto é secretário-geral.

Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.

Leave A Reply