Secretário de Saúde de Uauá nega que tenha havido fura-fila e CMS diz ter comprovação sobre nenhum fato.

Nesta sexta-feira (29) o Portal Uauá trouxe através de sua página, a informação de que 17 cidades tiveram denúncias ao MP-BA de ‘fura-filas’ de vacina e Uauá estaria entre as cidades denunciadas.

De acordo com informações obtidas por meio do portal BN, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) recebeu denúncias em 17 cidades baianas de supostas tentativas de burlar a fila prioritária da vacinação contra a Covid-19. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (22) ao Bahia Notícias pelo parquet.

Procuramos ouvir o secretário de saúde, Jorge Lobo, mas não obtivemos respostas, ele se limitou a postar em sua rede social a informação negativa que “quanto ao denunciante de que a secretaria municipal de saúde de Uauá, estaria aplicando vacinas fora do recomendado pelo MS, nunca aconteceu, caso o MP solicite a relação, com nome e local de trabalho, estamos à disposição”. Disse.

Também buscamos informações do Conselho Municipal de Saúde sobre a referida denúncia e através de resposta enviada por meio WhatsApp ao Portal Uauá, por Benedito o Bené foi informado que – “A denúncia qualquer um de nós pode formular, protocolar. Não exige provas. Só exige que se dê elementos. Tanto é que se faz por telefone.

Não tenho comprovação sobre nenhum fato ainda. Mas, vou tomar precauções enquanto conselho.

Bene”. Ainda sobre as denúncias amplamente divulgadas pelos portais locais e do estado, Bené afirmou que – “O Conselho tem acompanhado todos os momentos de vacinação. Os registros que se envia a SESAB são completos sobre poder rastrear o processo, por isso, se houver, se houve falha, falsificação ideológica, enfim, qualquer ato contra o protocolo formalizado, tenha certeza virá à tona”. Pontua.

Do Home Office | Portal Uauá | UAUÁ NOTÍCIAS * uaua.com.br

foto betto junior secom