A pré-candidata a prefeita de Monte Santo, região sisaleira da Bahia, Silvania Matos (PSB), foi punida pela Justiça Eleitoral da 50ª Zona Eleitoral de Monte Santo, que determinou que tire das suas páginas oficiais nas redes sociais, conteúdo onde segundo entendimento da justiça há explícita evidência de campanha antecipada.

Segundo a decisão, a candidata cometeu infrações ao ostentar o número do seu partido durante a transmissão da convenção partidária em seu Facebook. A pré-candidata também cometeu irregularidades ao exibir, única e exclusivamente na sua página pessoal, a live da convenção partidária, não utilizando os canais dos partidos envolvidos para a realização da transmissão.

A justiça também exigiu a retirada do trecho do vídeo onde a candidata se refere ao seu opositor, (Vando), onde no entendimento da Juiz ela estaria fazendo acusações aleatórias e sem apresentar provas. A justiça interpretou que a tentativa de denegrir a imagem do seu adversário, também se caracteriza como um ato de propaganda eleitoral antecipada.

Veja na íntegra a liminar e a decisão