São Paulo – SP 1/9/2020 – Ter um boa noite de sono ajuda na renovação das células e promove um equilíbrio maior dos hormônios, responsáveis por prevenir doenças infecciosas.

Médicos e profissionais da área da saúde aconselham a aumentar a imunidade do organismo.

Em tempos de pandemia de Covid-19, um dos maiores conselhos de médicos e profissionais da área da saúde e buscar informações para aumentar a imunidade do organismo e, assim reduzir o risco de contaminação pelo novo Coronavírus.

A médica, Doutora Bruna Menna Barreto de Andrade Jardim, pós-graduada em Nutrologia afirma que as medidas de higiene como lavar as mãos frequentemente, usar o álcool em gel, máscaras e o distanciamento social, são muito importantes para a prevenção do vírus, porém são necessárias medidas para melhorar a imunidade. “Responsável pela defesa do nosso organismo, a imunidade trabalha contra invasores externos, que podem ser bactérias, fungos e vírus”.

Além disso, a médica destaca algumas medidas para melhorar a imunidade e qualidade de vida em tempos de pandemia. “Uma alimentação saudável, a prática regular de atividade física e uma boa qualidade de sono, são fundamentais para o bom funcionamento do organismo. Além destas medidas é importante também o controle do estresse e a exposição solar por pelo menos 15 a 20 minutos por dia”. 

Segundo a Nutrológa é importante salientar que não existe nenhum alimento ou vitamina capaz de combater o novo coronavírus, porém alguns alimentos que ingerimos podem fortalecer o nosso sistema imunológico.  A recomendação é manter uma alimentação saudável e regular, preferindo alimentos mais naturais como frutas, verduras, legumes, carnes e ovos, evitando alimentos industrializados.  Entre os alimentos que podem auxiliar nesse processo estão os ricos em vitamina A (vegetais e frutas alaranjadas: mamão, manga, cenoura), vitamina C (frutas cítricas: limão, laranja, abacaxi), selênio (peixes, frangos, castanhas do Para), zinco (carnes, ostras, oleaginosas), ferro e proteínas (carnes e leguminosas). Os Iogurtes e leites fermentados têm microrganismos que também podem ajudar a estimular o sistema imunológico. Uma boa hidratação também é fundamental para o nosso corpo. A recomendação é beber pelo menos dois litros de água todos os dias.

Mesmo em isolamento, Bruna lembra que a atividade física não deve ser deixada de lado. “A prática de exercícios físicos auxilia na saúde física e mental. Recomenda-se de 30 a 40 min de atividade física por pelo menos 3 vezes por semana”.  

Um sono regular também auxilia na melhora do sistema imunológico lembra a profissional. “Ter um boa noite de sono ajuda na renovação das células e promove um equilíbrio maior dos hormônios, responsáveis por prevenir doenças infecciosas. É recomendado que um indivíduo adulto tenha de 7 a 8 horas de sono por noite”. 

Além disso, a exposição solar: “Tomar 15 a 20 minutos de sol por dia, antes das 10h da manhã e após as 16h da tarde auxiliam na produção de vitamina D, que é uma forte aliada no fortalecimento do sistema imune” aconselha Jardim e por fim finaliza alertando sobre o controle do estresse.

 “Sabemos que nem sempre e fácil controlar o estresse, ainda mais em tempo de pandemia e confinamento. Mas algumas atitudes podem ajudar a melhorar nossa saúde mental, como meditar, ler um livro, ver um filme e escutar uma boa música. O importante é tirar um tempo para você e fazer algo que te de prazer”. 

 

Website: http://www.dino.com.br