Porto Alegre, RS 28/8/2020 – Hoje, entendemos que produtos a bateria são mais sustentáveis.

A mudança de hábitos para proteção do meio ambiente e assistência às próximas gerações é uma realidade. Diante disso, a STIHL, empresa especializada em ferramentas motorizadas, oferece linhas a baterias que não emitem gases e garantem alta performance, tanto para profissionais como para usuários ocasionais.

A sociedade atual tem algumas exigências quando o assunto é um novo produto – entre eles, sustentabilidade e praticidade. Essa nova leitura está sendo considerada e os movimentos do mercado são voltados ao atendimento destas novas necessidades de aquisição.

Uma pesquisa realizada em 2019 pela Toluna em parceria com a FGV (Fundação Getúlio Vargas) mostrou que 75% das pessoas mudaram, de alguma forma, os hábitos de consumo pensando no futuro do planeta.

Estudando os dados mais a fundo, foi possível constatar que, em segundo plano, os motivos para mudança de hábitos são: preocupação com o próprio bem-estar (70%) e preocupação com às próximas gerações (65%). Além disso, 76% das pessoas entrevistadas declaram que essas são mudanças definitivas. 

Inovação

Diante de um mercado que tem como prioridade o que um produto impõe, empresas precisam agir. Para Rafael Zanoni, gerente de Marketing da STIHL, que desenvolve ferramentas motorizadas portáteis, a mudança de comportamento do consumidor neste sentido abre espaço para que tudo seja otimizado. “Hoje, entendemos que produtos a bateria são mais sustentáveis. Por isso, temos uma linha com essa tecnologia, sem emissão de gases, que atende essa preocupação das pessoas e também traz benefícios que vão além do cuidado com o meio ambiente, o próprio conforto de quem usa a ferramenta, como o baixo nível de ruídos, baixo custo de manutenção, entre outros”, comenta.

Rafael complementa o assunto dizendo que a empresa faz uma leitura contínua de outra tendência para desenhar uma linha de equipamentos movidos a bateria. “Focamos no ‘faça você mesmo’, realidade oriunda da Europa e dos Estados Unidos que atingiu a sociedade brasileira. Muitas atividades eram terceirizadas antes, principalmente de jardinagem. Mas isso vem mudando à medida em que as pessoas começam a experimentar a realização dessas atividades por elas mesmas, tendo, muitas vezes, as redes sociais como espaço principal de aprendizado e estímulo”, diz Rafael, que também indica o portal Jardim das Ideias para os interessados no universo da jardinagem: www.jardimdasideias.com.br.

Além do site e pensando em oferecer uma experiência única em jardinagem, importante nicho de mercado da empresa, a organização acabou de lançar um projeto inédito na área no Brasil. O Pró-Jardim, um curso para capacitar, de forma online e gratuita, profissionais e praticantes ocasionais da jardinagem, além de gerar novas oportunidade de trabalho. Por meio de uma plataforma digital (jardimdasideias.com.br/projardim) e um time de especialistas com renome nacional da jardinagem, paisagismo, engenharia florestal, arborismo, agronomia, empreendedorismo e negócios, os participantes do Pró-Jardim irão desenvolver habilidades diretamente pelo smartphone, tablet ou computador. O projeto está dividido em quatro módulos, que podem ser realizados de forma independente e a qualquer momento. O Pró-Jardim disponibiliza certificados mediante a conclusão dos módulos com avaliação média igual ou superior a sete.

Por esse motivo, a STIHL não deixou nenhuma máquina fundamental de lado: cortador de grama, roçadeira e sopradores são apenas alguns dos produtos a bateria para realização dessa atividade. “Sabemos o quanto pequenas manutenções do jardim são prazerosas e queremos dar as ferramentas ideais para facilitar a realização dessas atividades, com tecnologia de ponta para suprir a necessidade tanto dos usuários domésticos quanto profissionais”, finaliza.

Website: https://www.stihl.com.br/