Em um vídeo que circula nas redes sociais, o vereador do município de Uauá, norte da Bahia, Rodrigo Gonçalves de Souza Silva (PDT), foi filmado neste domingo (09), após se alterar e reagir contra as medidas de seguranças adotadas na barreira sanitária instalada na entrada da cidade, onde é feito pelos profissionais, a desinfecção de veículos e outras ações de combate ao Coronavírus (Covid-19), medida adotada para todo e qualquer cidadão que queira entrar ou sair da cidade de Uauá. Na barreira, ao que é dito em vídeo, o edil diz que tal ação iria danificar a pintura do seu veículo, uma vez que assume ter passado por ali diversas vezes, e, em suas palavras, não havia necessidade. Bastante irritado, critica a gestão municipal.

Nas imagens o vereador, conhecido como Rodrigo de Zé Mário aparece sem máscara, e ao ser informado que deveria está fazendo o uso do equipamento de proteção, o parlamentar dispara: “Não uso não! Eu sou igual a Bolsonaro. Se você quiser eu transmito para você. Eu já fiz três testes, que Uauá (gestão) não faz. Tudo incompetente”.

Confira nota da Prefeitura de Uauá.

NOTA DA PREFEITURA DE UAUÁ / RESPEITO ÀS BARREIRAS SANITÁRIAS

A Prefeitura de Uauá lamenta o comportamento irresponsável e desrespeitoso do vereador Rodrigo de Zé Mário para com os profissionais que atuam na linha de frente no combate à covid-19. Além do desacato, o edil dá mau exemplo para toda a sociedade, em um tempo difícil em que todos os municípios lutam para conscientizar a população sobre a importância de seguir as medidas de prevenção e distanciamento social recomendados pelos órgãos de saúde.

Sobre o ocorrido, fica claro nas imagens que o vereador constrange e se exacerba ao usar do cargo público que ocupa temporariamente para obter privilégios em relação aos outros cidadãos que, de forma sensata, se esforçam para seguir a todos os protocolos adotados nas barreiras de contenção epidemiológica, a exemplo da higienização do veículo e aferição de temperatura. Assim, ao não obter a regalia reivindicada, o parlamentar age de forma arrogante e rude contra os funcionários públicos que estavam apenas fazendo suas atividades. E, claro, na tentativa de mudar o foco da sua postura reprovável e errônea, ataca a honra e a reputação do gestor municipal com acusações infundadas e de caráter meramente politiqueiro.

Diante do fato, amplamente reprovado no município e nas redes sociais, a gestão municipal destaca que tem total tranqüilidade em relação às inúmeras falácias do vereador, haja vista que as ações de governo têm sido executadas com a máxima responsabilidade, transparência e com acompanhamento da população e do Ministério Público. Ademais, fica claro que a postura do edil não passa de mais uma desastrosa investida política e de finalidade eleitoral que apenas expõe o parlamentar ao ridículo.

O governo de Uauá ressalta que segue firme nas ações de combate à covid-19 em todo município, desde o início do mês de março, quando começaram a surgir os primeiros casos na região. Já nessa época o Governo da Mudança estabeleceu medidas como a montagem de barreiras sanitárias nas entradas da cidade, com desinfecção de veículos, cadastro, monitoramento e acompanhamento de pessoas que chegam de outros municípios, além da estratégia de desinfecção de espaços públicos com grande circulação de pessoas e diversas campanhas de conscientização e prevenção.

No conjunto de ações, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, a gestão tem auxiliado as famílias em vulnerabilidade social com a entrega de máscaras, álcool em gel, sabonetes e cestas básicas, além de disponibilizar Balcão de Atendimentos para a população que precisa acessar o Auxílio Emergencial do Governo Federal.

No município já foram distribuídas à população cerca de 13 mil máscaras, mais de 2,5 mil kits de álcool em gel e cerca de 600 kits de alimentos para famílias do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

Na assistência a 4.600 alunos da rede municipal, vale destacar que o governo já distribuiu por duas vezes os Kits da Merenda Escolar em Casa para todo o alunado de Uauá. Foram mais de 60 toneladas de alimentos, incluindo os produtos da agricultura familiar.

Por outro lado, com recursos próprios, e sem o apoio do vereador em questão, vale destacar, o Governo da Mudança criou a Renda Emergencial Cidadã (REC), programa que ofertará auxílio de R$ 75, durante três meses, às famílias com filhos de 0 a 3 anos, inscritos no CadÚnico, beneficiários ou não do Programa Bolsa Família e que comprovem renda familiar per capita de R$ 178. A REC já se encontra nas providências finais, junto à instituição financeira que realizará nos próximos dias os pagamentos às famílias beneficiadas desse programa municipal.

Outra questão a considerar, diz respeito aos recursos recebidos pelo município. Além da prestação de contas a cada trimestre, como prevê a lei de responsabilidade, importa esclarecer que a Secretaria de Saúde realiza a cada mês a prestação de contas detalhada dos investimentos nas ações exclusivas de combate ao coronavírus. E essa prestação de contas, observem, inclusive é transmitida nas redes sociais da prefeitura e disponibilizada no site do governo municipal.

No quesito da testagem como estratégia para rastrear, diagnosticar e tratar o coronavírus, convém destacar que Uauá, em comparação a outros municípios da região, aplica a média de 5.5 testes por habitantes, em comparação com Monte Santo e Euclides da Cunha, com o dobro da nossa população, por exemplo.

Por fim, insensata e reveladora de completa falta de escrúpulos, a atitude do parlamentar que procura atribuir ao gestor responsabilidades pelas mortes por coronavírus no município. Como restou claro, a administração com seus profissionais e servidores, trabalha para salvaguardar a vida e a saúde da população. O culpado pelas mortes é o vírus e a ignorância de quem insiste em contrariar medidas de segurança.

ASCOM/PMU