Escritora entra na justiça para impedir reprise da novela “A Força do Querer” na Globo

A Globo anunciou que vai reprisar “A Força do Querer”, trama de Glória Perez que foi ao ar originalmente em 2017. No entanto, um imbróglio judicial pode atrapalhar os planos de ver novamente na telinha o folhetim.  

A escritora Fabiana Escobar, cuja biografia inspirou a trama da personagem Bibi Perigosa (Juliana Paes), acionou o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para tentar impedir a reprise da novela, anunciada como a substituta de “Fina Estampa” na faixa das 21h00, com previsão de estreia para o mês de setembro.

De acordo com informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”, a Bibi da vida real alega não ter recebido a verba que lhe foi prometida em contrato pela venda da novela para exibição em outros países.  

O processo de Fabiana contra a Globo corre na Justiça desde 2018. Na ação, ainda sem acordo, a escritora pede R$ 500 mil à emissora. Uma audiência de conciliação estava marcada para abril deste ano, mas foi cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Ainda de acordo com a coluna de Kogut, na nova petição, apresentada na 43ª Vara Cível do Rio de Janeiro, os advogados da escritora alegam que “os direitos advindos do contrato realizado entre as partes não foram efetivamente cumpridos, razão pela qual a continuidade ou a reprise da novela conforme está sendo divulgado nos meios de comunicação, sem que haja a contrapartida em relação aos direitos autorais e conexos da demandante, não deve ser permitida por este juízo”. 

Procurada, a assessoria de imprensa da Rede Globo afirmou que “não comenta casos sub judice”.

Bastidores da TV