Pró-semiárido promove capacitação em associativismo em Umburanas

Oficina (10).jpegFoto: Divulgação

Terminou nesta sexta-feira (15), no Território Rural Vale das Barrigudas, município de Umburanas, a Oficina de Associativismo realizada pela Cooperativa de Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte (Cofaspi), entidade que  presta serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER) pelo Pró-Semiárido,  projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

A iniciativa teve por  objetivo o fortalecimento organizacional e o empoderamento das organizações associativas. “Viver o associativismo é uma construção e conquista social, é um instrumento imprescindível para que uma comunidade passe a ter maior expressão social, política, ambiental e econômica”, destacou Deyse Oliveira, uma das responsáveis pela Oficina e técnica em Desenvolvimento Social da CAR.

Durante a capacitação foram utilizadas metodologias participativas, bem como dinâmicas reflexivas que contribuem para o processo de cooperação: “Essa oficina é uma iniciativa muito boa, como técnica percebo que ações desta natureza fortalecem o trabalho coletivo para que aconteça de maneira conjunta entre as famílias. A união, o companheirismo e se reconhecer como território é muito importante para o  desenvolvimento rural e para a agricultura familiar”, afirma Meirelle de Souza, técnica agrícola da Cofaspi.

Resultado
A oficina contou com a participação de representantes do sindicato rural Umburanas, técnicos da CAR e da Cofaspi. Selma Carvalho da Cruz, membro da Comissão de Controle Social do Território Rural Vale das Barrigudas, avaliou que “a oficina foi de grande importância, um aprendizado para mim e para todos que estavam presentes. Entendemos como nos organizar, para melhor desenvolvermos o nosso papel social. As oficinas desenvolvidas somam uma grande força, trazendo visão, missão e valores, onde vem contribuir para a autonomia dos agricultores e agricultoras”.

Por fim, Ionaria Alves, agricultora familiar, que também integra a Comissão de Controle Social, observou que o encontrou foi de muito conteúdo e aprendizado: “A oficina foi de suma importância,  a teoria é necessária e para se  obter uma boa prática.  Com certeza, as  equipes e  as pessoas  presentes captaram muitas  informações fundamentais, para levar uma associação  adiante e  com  sucesso”. 

Mais informações O projeto Pró-Semiárido é parte integrante de um conjunto de compromissos do Estado para seguir avançando na erradicação da pobreza, levando serviços e investimentos diretamente para a população, a partir de um acordo de empréstimo firmado com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), da Organização das Nações Unidas (ONU).

Ascom / SDRBahia