Caio Castro é condenado a pagar indenização de R$ 7.000 por agredir fotógrafo em Trancoso

Hits: 2

Caio Castro é condenado a pagar indenização de R$ 7.000 por agredir fotógrafo em Trancoso
Caio Castro na pré-estreia de “Cinquenta Tons de Liberdade”, no JK Iguatemi – Zanone Fraissat 7.fav.2018/Folhapress

O ator Caio Castro foi condenado a pagar R$ 7.000 de indenização ao fotógrafo André Ligeiro, que o processou após ter sido agredido em uma festa no Réveillon de 2017, em Trancoso, na Bahia. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, nesta quinta-feira (24). 

Em nota, a assessoria de Caio Castro afirma que a ação tramita em segredo de justiça e que não irá se pronunciar. “Os advogados do ator estão em busca do responsável pelo vazamento das informações que serão responsabilizados nos termos da Lei”, diz o texto.

Já os advogados de André Ligeiro afirmaram que, “diante dos inúmeros elementos de prova”, a condenação “já era aguardada”, mas que vão recorrer para aumentar o valor da indenização fixado. “A nosso ver, a quantia arbitrada não observa a gravidade da lesão e a capacidade econômica das partes”, diz o texto enviado ao F5.

Inicialmente, ao entrar com uma ação na Justiça, André Ligeiro pediu indenização de R$ 100.000 por danos morais. A informação foi publicada na coluna de Mônica Bergamo, em 2017.

Na época, dias depois do ocorrido, Caio Castro afirmou que ficou nervoso e perdeu a razão ao agredir o fotógrafo com uma cabeçada.

Em uma transmissão ao vivo numa rede social, o ator afirmou que não estava tentando justificar o episódio, mas queria explicar com as próprias palavras o que tinha acontecido.

About Adailton Santana

Adailton Santana é Radialista profissional, com o Registro RPR número 8204/BA. Exerce a profissão há mais de 15 anos e é proprietário do Portal Uauá. Site que, há 09 anos, leva para o mundo, notícias e informações locais e regionais, tornando-se o site de maior referencia e o mais acessado na cidade de Uauá e região.