O Projeto de Lei do deputado Roberto Carlos cria o “Programa Mais Futuro” e já convoca jovens para recadastramento

O Projeto de Lei do deputado Roberto Carlos cria o “Programa Mais Futuro” e já convoca jovens para recadastramento


O “Programa Mais Futuro” resultado do Projeto de Lei “Auxiliar Administrativo”, de autoria do deputado Roberto Carlos (PDT), adotado pelo Poder Executivo, que tem como premissa inserir os jovens no mercado de trabalho vai iniciar, na próxima quinta-feira (10), a etapa de recadastramento dos jovens que integram o Banco de Aprendizes e ainda não foram convocados.
A lista com os 797 nomes dos convocados está no edital do Diário Oficial do Estado, publicado na edição desta quinta-feira (3). Para o recadastramento, os jovens devem comparecer até o dia 30 deste mês, de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h, na Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), no Centro Administrativo da Bahia, com a carteira de trabalho, CPF, histórico escolar que comprove a conclusão no ensino médio, comprovante de renda e residência, título de Eleitor, comprovante da última votação (para jovens acima de 18 anos) e certificado de reservista.
Os convocados devem entregar preenchidos o Questionário Socioeconômico e o Formulário de Recadastramento, que estão disponíveis no Portal do Servidor, no site da Secretaria da Administração (SAEB). Para mais informações ligue para (71) 3115-5181.
Mais de 800 jovens aprendizes já atuam na estrutura pública estadual e recebem salário de R$ 556, além dos benefícios estipulados pela Lei.
Para o deputado Roberto Carlos, autor da lei que oferece emprego aos jovens na função administrativa, esse Projeto que conta com o apoio das Voluntárias Sociais e da SAEB é de suma relevância, um a vez que garante mais oportunidade aos jovens de serem inseridos no mercado de trabalho.
texto: Lisandra Lopes
Assessora de impensa.

About Soluções em publicidade Ascom