Jaguarari : Prefeito e vereador são denunciados ao Ministério Público

O atual prefeito de Jaguarari, Fabrício D’Agostino (DEM) que assumiu o comando do município após cassação do Mandato do prefeito eleito legitimamente, Everton Rocha (PSDB), com menos de cinco meses no poder do executivo de Jaguarari,  juntamente com o vereador William Rogers foram denunciados ao Ministério Público. A acusação é de pratica dos crimes de improbidade administrativa, danos ao erário público, violação aos princípios administrativos e enriquecimento ilícito.

Segundo denúncia , a base “legal” é por suspeitas de supostas irregularidades praticadas pelos acusados, na realização dos festejos da padroeira do distrito Gameleira e na prestação dos serviços de coleta de lixo nas localidades de Jacunã e Gameleira.

Por conta das denúncias o Ministério Público Instaurou  Inquérito Civil, e agora, poderá colher evidências e provas a serem levadas à Justiça, por meio da ação civil pública.

De acordo com o site JaguarariOnline os autores das referidas denúncias, foram os ex-funcionários contratados pelo ex-prefeito Everton Rocha, Robeilson Conceição de Oliveira (contratado até o mês de março de 2018 na função de servente, no distrito de Gameleira) e Gleison Carvalho dos Santos que ocupava o cargo de Diretor de serviços de atendimento ao cidadão e era considerado com responsável pelos eventos festivos no município.

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Novo prefeito de Jaguarari é investigado por suposta prática de enriquecimento ilícito e lesão ao erário público.
Novo prefeito de Jaguarari é investigado por suposta prática de enriquecimento ilícito e lesão ao erário público.