Uauá: Mais dois municípios da região norte serão contemplados com cisternas através do Constesf

Mais dois municípios da região norte serão contemplados com cisternas através do Constesf

A nova etapa do Projeto Cisternas, desenvolvido pelo Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf), por meio de convênio com o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), irá beneficiar os municípios de Curaçá e Uauá com mais cisternas de consumo humano. A tecnologia tem a capacidade de captar e armazenar até 16 mil litros de água, possibilitando que as famílias de áreas rurais continuem tendo acesso à água de qualidade mesmo durante a estiagem.

Com o objetivo de universalizar o acesso á água nos municípios que compõem o Território do Sertão do São Francisco, garantindo a convivência digna e produtiva com o semiárido, o Constesf já entregou mais de 2.500 tecnologias sociais, entre cisternas para consumo humano, cisternas de produção e barreiros-trincheira. As comunidades rurais de Uauá e Curaçá já contam hoje com mais de 650 dessas tecnologias.

Além de Curaçá e Uauá, a nova etapa do Projeto Cisternas contemplará os municípios de Juazeiro, Sobradinho, Casa Nova, Sento-Sé e Canudos. “O Constesf vem atuando desde 2015 com o Projeto Cisternas, milhares de famílias foram beneficiadas de acordo com sua necessidade. Esta nova etapa vai levar ainda mais dignidade para o campo, com a meta de entregar centenas de cisternas, que garantirão água de qualidade para beber e cozinhar”, declarou o Presidente do Constesf e Prefeito de Canudos, Genário Rabelo (Geo).

Jacqueline Santos/Ascom Constesf

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.