São Paulo – Um grupo com cerca de 500 Integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) invadiu o parque gráfico do jornal “O Globo”, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na manhã desta quinta-feira, 8. Os manifestantes picharam paredes, vidros e móveis do local. Eles também tentaram atear fogo em um totem com o nome do jornal, que não chegou a ser danificado.

A ação foi gravada e divulgada nas redes sociais do grupo.
De acordo com o MST, participaram mulheres do Levante Popular da Juventude, do Movimento dos Atingidos por Barragens e do Movimento dos Pequenos Agricultores, além de moradoras de comunidades da cidade.
A ação faz parte da Jornada Nacional de Luta das Mulheres Sem Terra, que tem por lema a frase de Rosa Luxemburgo “Quem não se movimenta, não sente as correntes que a prendem”. Não houve confronto. Meia hora depois da invasão, o grupo deixou o local.
O ‘Globo’ ainda não se manifestou.

Fonte:Exame