Operação da Embasa flagra gato de água em restaurante na Fazenda Grande do Retiro

Uma operação realizada pela Embasa flagrou gato de água em um restaurante na Avenida General San Martin, na Fazenda Grande do Retiro. A rede cladestina desviava a água antes de passar pelo hidrômetro. O estabelecimento comercial estava com a ligação de água da Embasa cortada. “A irregularidade foi desfeita e o proprietário do imóvel terá que pagar uma multa de R$ 31.982,92 pela fraude. Esse cálculo foi feito com base no consumo real quando a ligação estava ativa”, explicou Daniel Pindobeira, gerente comercal da Unidade Regional do Cabula. O flagra aconteceu nesta quarta-feira (24), em ação que contou com as polícias Civil e Militar, além do Departamento de Polícia Técnica. O gerente do restaurante foi levado para prestar esclarecimentos na 4ª Delegacia Territorial de São Caetano, onde a operação foi registrada. O proprietário não estava no momento da ação e será chamado posteriormente. O furto de água é qualificado como crime contra o patrimônio, de acordo com o artigo 155 do Código Penal Brasileir, cujo parágrafo 3º, que trata de furtos, equipara “à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico”. A pena prevista em lei é reclusão de um a quatro anos e multa.