Um homem identificado por Carlos, morador da fazenda Queimadas do Loiolas,  morreu no início da noite desta sexta-feira (05) após ter sido eletrocutado no momento em que ia fazer a substituição de uma uma lampada.

Segundo informações, a vítima estava molhado e com os com pés descalços no momento da ação.

De acordo com informações o mesmo era filho de Raimundo de Justino e Osmira.

Lâmpadas incandescentes devem ser retiradas do mercado até 2016 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload