Por volta das 11h30 desta quarta-feira (17) foi apresentada no plantão central do Complexo de Delegacias de Feira de Santana, Valdete Gonçalves da Silva, 58 anos. Segundo ela, o filho Reginaldo da Silva Rodrigues a mantinha em cárcere privado. Ela é moradora do conjunto Feira X e informou à polícia que o filho pegou gasolina e ameaçou colocar fogo nela. A mulher disse ainda que ele a deixava presa na residência e que os vizinhos chamaram a polícia. “Ele falou que ia jogar a gasolina em mim e riscar o fósforo. Sempre me maltratava por não ser um bom filho. já me deixou presa várias vezes”, disse. O sargento Renilton, da 67ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), informou que foi acionado pelo Cicom e quando a viatura chegou no local encontrou a mulher desesperada. Segundo ele, na casa, além do vaso com gasolina, também foram encontrados um facão e uma faca que, segundo a mulher, eram usados pelo filho para a ameaçar. Valdete Gonçalves da Silva foi encaminhada à Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam) para fazer o registro da queixa. Uma equipe da Deam realizou diligências em busca do acusado, mas não o encontrou. (Acorda Cidade)