Após 96 horas do desaparecimento do ex-prefeito de Valença, Ramiro Campelo, a Polícia Civil afirma que não há maiores informações sobre o caso. Ele foi visto pela última vez na manhã de quinta-feira (18). Informações preliminares apontaram que o ex-prefeito, que é também fundador do grupo que controla as Lojas Guaibim, foi sequestrado por três indivíduos em um carro de modelo HB20, na cor branca (veja aqui). A polícia, no entanto, não confirmou a informação. Como Campelo tem problemas de saúde que exigem o uso de remédios contínuos, o caso se torna ainda mais delicado. O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) investiga o crime.