Vigilante mata colega após acordar com dores anal e desconfiar que foi abusado sexualmente

Um Vigilante de  24 anos, se entregou à Polícia Civil na quinta-feira (4) e confessou que matou o colega de trabalho J.B.S., 56 anos, com cinco tiros, na fazenda da massa falida do grupo Reunidas Boi Gordo, em Comodoro (644 km a Oeste de Cuiabá). Na delegacia ele argumentou que cometeu o homicídio porque não suportou brincadeiras de conotação sexual por parte da vítima.

O vigilante relatou que fazia uso de medicação para dormir e que acordava com dores no ânus. Ao comentar o fato, o colega passou a lhe dizer que estaria abusando dele, enquanto dormia sob efeito de medicação.

O autor do homicídio declarou que executou o colega em momento de descontrole por raiva.

Após o crime, o vigilante fugiu da fazenda e se entregou à Polícia Civil da cidade.

Chatuba

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Um comentário em “Vigilante mata colega após acordar com dores anal e desconfiar que foi abusado sexualmente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload