Vice-prefeito diz que se projeto do parcelamento de débito com Embasa não for aprovado, o município terá prejuízos

Em um artigo recente publicado via redes sociais, o  vice-prefeito João Alves, juntando -se ao prefeito e demais pessoas que estão preocupadas com a situação atual em que se encontra o município, por conta da dívida herdada da gestão passada em quase 300 mil reais com a Embasa, clamou aos edis, sensibilidade.

Em um breve relato, o também secretário destacou seu perfil político e pontuou estar sempre preocupado em resolver problemas enfrentados pelo município desde outrora.

João afirma que o projeto de LEI do executivo que tramita na Câmara Municipal, esperando a apreciação e VOTAÇÃO dos vereadores, Se APROVADO, pode ajudar MUITO o município a firmar parcerias/convênios com os Governos, Federal e Estadual, e que  isso pode trazer grandes benefícios através de empresas públicas/privadas que certamente alavancará a economia na geração de emprego e renda.

Se rejeitado, o projeto pelos vereadores pode sofrer impacto NEGATIVO, um grande retrocesso, Disse.

Muitos  prejuízos aos uauaenses serão como jamais visto, enfatiza João Alves. “Sendo assim, ilustres conterrâneos, peço a todos que mobilizem os nossos vereadores para que possam de forma ordeira aprovar o projeto da EMBASA que pode mudar a realidade de todo o município, sede e interior “. Conclui o vice-prefeito.

 

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload