Ministro do Supremo está entre os mortos em suposto acidente

Filho do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, Francisco Zavascki, confirmou pela rede social Facebook a morte do pai em queda de avião bimotor modelo King Air na tarde desta terça-feira (19) em Paraty, na região da Costa Verde fluminense.


As equipes de resgate confirmaram que a aeronave estava ocupada por quatro pessoas, que três corpos foram localizados e que há um sobrevivente ferido. A presidente do STF, Cármen Lúcia, que estava em Belo Horizonte, está retornando neste momento a Brasília.

Foto: Facebook / Reprodução

Zavaski, de 69 anos, era o ministro do Supremo encarregado da relatoria das investigações da Lava Jato, que apura o esquema de corrupção na Petrobras. O magistrado, que estava de férias, se encarregava também das homologações das delações dos denunciados na maior trama de corrupção da história do Brasil.
Com a morte do ministro, de acordo com o Regimento Interno da Corte, o relator dos processos da Lava Jato deverá ser o próximo ministro a ser indicado pelo presidente Michel Temer. Para chegar à Corte, o substituto deverá passar por sabatina na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) do Senado e ter o nome aprovado pelo plenário da Casa.

Acidente

A aeronave decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo, com quatro pessoas a bordo. O Corpo de Bombeiros informou que o avião caiu no mar, próximo à Ilha Rasa, e está parcialmente submerso.
Na hora do acidente, chovia forte em Paraty e a região estava em estágio de atenção. A aeronave pertence a Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras.
Agência BrasilAgência Brasil

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload