COORDENADOR DA APLB-UAUÁ PARTICIPA DO 33º CONGRESSO DA CNTE EM BRASÍLIA

O coordenador da APLB-Sindicato Núcleo de Uauá, Francisco-Prolepses, participou do 33º Congresso da CNTE(Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) realizado de 13 a 15 de Janeiro do corrente ano em Brasília. O coordenador participou como delegado da Regional Nordeste, juntamente com o Diretor João Neto Fraga, Júlio Nascimento e Fábio Batista, compondo o grupo de […]

O coordenador da APLB-Sindicato Núcleo de Uauá, Francisco-Prolepses, participou do 33º Congresso da CNTE(Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) realizado de 13 a 15 de Janeiro do corrente ano em Brasília.

O coordenador participou como delegado da Regional Nordeste, juntamente com o Diretor João Neto Fraga, Júlio Nascimento e Fábio Batista, compondo o grupo de Delegados da APLB-SINDICATO, segunda maior Delegação do Congresso.
O mesmo participou atenciosamente dos debates, apresentação das resoluções e do Pleito Eleitoral, apoiando a chapa 30, que ratificava o assento de dois dirigentes da APLB-SINDICATO na diretoria da CNTE: Rui Oliveira e Marilene Betros, chapa vencedora com 86,8% dos votos, tendo como presidente o professor pernambucano Heleno Araújo para o próximo quadriênio.
O congresso aprovou o indicativo de Greve Geral para o dia 15 de Março. A APLB-SINDICATO mantém posição de apoio à greve, no Período de 15 a 25 de Março, com a realização de várias atividades. 
O coordenador da APLB-UAUÁ, Francisco-Prolepses, encantado com a potencialidade participativa e interativa do Congresso, disse: ” Quero agradecer aos professores de Uauá, APLB e a CNTE por me proporcionarem mais esse momento de conhecimento e interatividade. Diria o mais marcante dessa minha pequena jornada sindical. Aqui debatemos e aprovamos pautas importantes para nossa lida sindical, luta árdua e necessária por uma educação de qualidade e valorização profissional. Sem dúvidas a palavra mais frequente e predominante durante o Congresso foi resistência, frente ao quadro de retrocesso que estamos vivendo e que precisamos avivar nossas bases para se manterem firmes e fortes na defesa dos direitos duramente conquistados e que estão sendo facilmente retirados. Congratulo a organização do Congresso pela acolhida. Avante!”





















ASCOM: APLB-UAUÁ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload