NA BAHIA, 800 KG DE CARNE SÃO APREENDIDOS EM DEPÓSITO CLANDESTINO: FAZENDA É DE INVESTIGADO POR FURTOS DE ANIMAIS

A Polícia Civil apreendeu 800 kg de carne em um depósito clandestino e sem refrigeração, localizado em uma fazenda na cidade de Dom Macedo Costa, distante cerca de 186 km de Salvador. O caso aconteceu na quarta-feira (14) e foi divulgado nesta quinta-feira (15). De acordo com a polícia, a carne seria utilizada para preparação […]

A Polícia Civil apreendeu 800 kg de carne em um depósito clandestino e sem refrigeração, localizado em uma fazenda na cidade de Dom Macedo Costa, distante cerca de 186 km de Salvador. O caso aconteceu na quarta-feira (14) e foi divulgado nesta quinta-feira (15).

De acordo com a polícia, a carne seria utilizada para preparação de charque. A propriedade pertence ao pai de um homem que é investigado por furtos de animais bovinos nas cidades baianas de Alagoinhas, Catu, Pojuca e região.

Ainda conforme a polícia, a carne foi achada depois que uma equipe da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati) e policiais da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Santo Antônio de Jesus, foram até a fazenda com o objetivo de localizar o suspeito de roubo de animais. Ele não foi encontrado.

No depósito clandestino de carne que funcionava no local, conforme a polícia, não havia condições sanitárias para que o trabalho fosse feito, o que levou os policiais a a buscarem apoio jurídico para a apreensão da carne. O depósito estava bastante sujo de lama e sangue dos animais abatidos, além de problemas estruturais, como piso quebrado.

Com um mandado de busca e apreensão expedido pela comarca de Santo Antônio de Jesus, os policiais voltaram à fazenda acompanhados por técnicos da Vigilância Sanitária e da Agência de Defesa da Agropecuária da Bahia (Adab), e realizaram a apreensão do material encontrado no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload