Michel Temer assina aditivo que autoriza migração de 240 rádios de AM para FM

Foto: Marcos Corrêa / PR

O presidente Michel Temer (PMDB) assinou nesta segunda-feira (7) um termo aditivo que autoriza a migração de 240 rádios AM para FM. A migração foi deflagrada por meio de um decreto assinado em 2013 pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), depois da qual 1.386 das 1.781 estações AM do país já aderiram. De acordo com o G1, as emissoras que assinaram o termo devem apresentar um projeto técnico de instalação das novas frequências e solicitar à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) uma permissão de uso. Para efetivar a migração, as rádios AM terão que trocar seus sistemas de transmissão de sinal, incluindo transmissores, antenas e equipamentos auxiliares. Os custos da migração serão arcados pelas próprias empresas, variando de R$ 8,4 mil a R$ 4,4 milhões. Estiveram no evento o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações), o presidente da Associação Braisleiras de Emissoras de Rádio e TV (Abert) e vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet, além do cardeal e arcebispo de Aparecida, Dom Raimundo Damasceno.

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload