Confronto na Cidade de Deus durante operação policial tem sete mortos


RIO – Pelo menos sete corpos foram encontrados no interior da favela Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo, 20. As mortes teriam acontecido em confronto durante operação que começou na noite deste sábado, 19, depois da queda do helicóptero da Polícia Militar, que deixou quatro mortos.

Depois da queda da aeronave, a cúpula da Segurança decidiu ocupar a comunidade por tempo indeterminado.
Na manhã deste domingo, técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) estiveram no local do acidente e recolheram fragmentos do helicóptero. A aeronave já foi removida do local.
O helicóptero era usado no apoio a uma operação policial que ocorria na Cidade de Deus ao longo do sábado. Durante todo o dia houve confrontos entre policiais, traficantes e milicianos. A Linha Amarela, via expressa que liga as zonas norte e oeste do Rio, chegou a ser fechada duas vezes por causa dos tiroteios.
Clique para expandir

Pausar

 

Buscar
00:00
00:56

Volume

 

CC

 Tela cheia

Um helicóptero do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar caiu na zona oeste do Rio de Janeiro, neste sábado, dia de intensos tiroteios próximo à comunidade Cidade de Deus. Quatro agentes morreram na queda.

PMs mortos. Os policiais mortos são o major Rogério Melo Costa, de 36 anos, o capitão William de Freitas Schorcht, de 37, o subtenente Camilo Barbosa Carvalho, de 39, e o sargento Rogério Felix Rainha, de 39.
Na noite de sábado, após a queda, chefes das Polícias Civil e Militar se reuniram com autoridades da Secretaria Estadual de Segurança no Centro Integrado de Comando e Controle, no centro do Rio, para uma reunião emergencial, em surgiu a ordem para que durante a madrugada fosse feita uma operação policial na Cidade de Deus, realizada por policiais militares de diversos batalhões.
O clima na favela está tenso. Enquanto policiais militares circulam com apoio de blindados, pessoas fazem barricadas incendiando lixo. Várias ruas da região estão interditadas.

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload