20 mil animais são resgatados em operação

Equipes da Polícia Militar que atuam no policiamento ambiental, representadas pela Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Cippa) e Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), resgataram 20 mil animais em uma operação conjunta realizada entre os dias 11 e 21 de julho. O objetivo da ação foi combater crimes ambientais (extrativismo mineral e […]
Equipes da Polícia Militar que atuam no policiamento ambiental, representadas pela Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Cippa) e Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), resgataram 20 mil animais em uma operação conjunta realizada entre os dias 11 e 21 de julho.
O objetivo da ação foi combater crimes ambientais (extrativismo mineral e vegetal irregular e comércio ilegal de animais), por meio de fiscalização em parceria com o Ministério Público da Bahia e a Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), que juntos fizeram o planejamento estratégico. Também participaram da ação Ibama, DNPM, CREA e DRT, Sema, Funasa, Adab e Inema.
Neste período, foram realizadas ações na Bacia do Rio Itapicuru e Vaza Barris, além dos municípios baianos de Euclides da Cunha, Canudos, Tucano, Monte Santo, Andorinha, Sobradinho, Cansanção, Uauá, Cícero Dantas, Quijingue, Nordestina, Banzaê e Ribeira do Pombal.
Entre as espécimes resgatadas, a exemplo de pássaros (Brejau, azulões e cardeais), jabutis e outros animais, parte foi solta no habitat e a outra encaminhada ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetras), em Salvador.
A FPI é composta pela Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP), por meio das Polícias Militar e Civil, e diversos órgãos envolvidos com os cuidados com o meio ambiente.

 Texto e foto PMBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *