Polícia prende três suspeitos de matar empresário da Telexfree; grupo tinha foto e cheques da vítima

Três suspeitos de matar o empresário Dorian da Silva Santos, 29 anos, foram presos nas noite desta quarta-feira em Feira de Santana. A prisão foi feita por policiais da 66ª Companhia Independente da Polícia Militar (Feira de Santana), que flagrou o trio durante uma ronda na Avenida Eduardo Froes da Mota. Dorian da Silva Santos, conhecido […]
Três suspeitos de matar o empresário Dorian da Silva Santos, 29 anos, foram presos nas noite desta quarta-feira em Feira de Santana. A prisão foi feita por policiais da 66ª Companhia Independente da Polícia Militar (Feira de Santana), que flagrou o trio durante uma ronda na Avenida Eduardo Froes da Mota.
Dorian da Silva Santos, conhecido como Dorian da Telexfree, foi encontrado morto (Foto: Reprodução/Facebook)
Segundo a polícia, a equipe desconfiou dos ocupantes de um veículo modelo SW4, e passaram a acompanhar o automóvel. Ao perceber que estavam sendo seguidos, os suspeitos atiraram contra os militares e fugiram. No entanto, outras viaturas já estavam avisadas da ação e  bloquearam o acesso nas imediações ao bairro Jomafa.
O veículo foi interceptado e os três suspeitos capturados. Com os trê, a polícia apreendeu dois revólveres calibre 38, com quatro cartuchos intactos e cinco deflagrados, quatro aparelhos celulares, uma foto do empresário assassinado, documento de um veículo modelo Polo e folhas de cheques em nome do empresário. Os acusados e o material apreendido foram apresentados na delegacia da cidade.
Suspeitos presos (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Dorian Santos era conhecido por sua atuação como empresário da Telexfree. Ele também era pré-candidato à prefeitura de Serra Preta.
Na terça-feira (19), um homem localizou, em Alagoinhas, os documentos do empresário. O município onde os documentos foram achados fica distante cerca de 80km de onde o corpo estava. O celular do empresário também foi localizado, mas na BR-324.
Dorian foi encontrado morto em um matagal isolado próximo ao distrito de Humildes. Ele foi visto pela última vez na terça-feira, por volta das 15h, nas proximidades da Av. João Durval. A suspeita é de que ele tenha sido sequestrado em seu carro, uma Hilux branca.
Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload