Uauá: investigado pela ‘Águia de Haia’ questiona decisão da justiça

O prefeito Olímpio Cardoso Filho (PDT), gestor da cidade de Uauá, no Sertão do São Francisco, um dos 10 políticos que permanecem com os bens bloqueados pela justiça após a Operação “Águia de Haia”, encaminhou nota na tarde desta quinta-feira (3) ao Bahia Notícias informando não ser correta a acusação de irregularidade. Segundo o texto, o administrador afirmou que “a empresa KBM INFORMATICA (Kells B. Mendes ME) não recebeu nenhum centavo da prefeitura, visto que o Secretário de Educação, ao saber que a empresa possuía processos na justiça”, cancelou a licitação. Ainda de acordo com a prefeitura, a procuradoria do município já solicitou o desbloqueio das contas do prefeito mas, devido à greve do judiciário, a decisão se mantém inalterada. Ele confirma que os documentos foram todos apresentados à Polícia Federal durante as investigações.


BN


Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload