Aula de trânsito noturna começa a valer em maio


Quem for tirar a carteira de habilitação pela primeira vez vai ser obrigado, a partir de maio, a aprender a dirigir também a noite.
As autoescolas ainda esperam a definição sobre o aumento ou não da carga horária e dos custos para os alunos.

Para quem já sabe é tranquilo, mas para quem está aprendendo. O estudante, Vinícius Brusaque que o diga. “Minha primeira aula, eu deixei o carro morrer algumas vezes, estava meio nervoso porque era de noite, muito diferente”.

A luz dos faróis que bate nos olhos e ofusca, a perda de visão quando a luz cai. Dirigir neste horário é bem diferente que conduzir durante o dia. Isso todo mundo sabe.

A polêmica gira em torno de uma alteração no Código de Trânsito Brasileiro que agora obriga quem quiser tirar a carteira de habilitação a fazer aulas noturnas.

Acompanhamos o jovem dentro do carro da autoescola. O instrutor ensina como usar os faróis. A atenção tem que ser redobrada no escuro. O diretor do Departamento de Medicina do Tráfego, Dirceu Rodrigues Alves Júnior, explica por que.

“Diminui a sua visão periférica, para você cortar, ultrapassar um outro veiculo. Você não tem o dimensionamento perfeito, a sua visão cai em cerca de 50%”.

A nova regra vai entrar em vigor daqui a dois meses e ainda não se sabe se a carga horária vai mudar, mas o Sindicato das Autoescolas já prevê um aumento no custo das aulas.

“Se nós vamos estender o nossos horários de trabalho, se nos vamos ter que ter mais trabalhadores para poder atender essa nova regra, isso logicamente vamos ter que repassar para o usuário”, afirma José Guedes, Presidente do Sindicato.

A mudança divide a opinião dos alunos.

“A visibilidade torna-se restrita. É aquela coisa da pessoa passar rápido em frente do seu carro, de você ter que ter uma freada, de você ter que ter uma habilidade assim de prever o que vai acontecer”, diz a estudante, Stephanie Leal.

“Se eu preciso ter aula de reflexo noturno para entender como é que é, eu teria que ter aula em dia de chuva, em dia de granizo, em dia de nevoeiro e em todas as situações. Porque se aplica para aula da noite, teria que se aplicar para tudo”, acredita a estudante, Melina Valente.
Fonte: Globo

Adailton Santana

RADIALISTA Formação Locutor-Apresentador- Radialista profissional diplomado pela Residência Educação, em parceria com o MEC, no âmbito do PRONATEC - Alagõas, é experiente na área de Comunicação e Segmentação Editorial em sites, blogs, Tem experiencia em Apresentação de Cerimoniais. Concluiu o Curso de Especialização em Locutor-Apresentador, realizado pela Residência Educação, em parceria com o MEC em 2018 e obteve a certificação de um trabalho que já faz desde o ano de 2003, quando ingressou no Rádio. Com a realização de curso de capacitação ministrado pelo Imega Cursos e Entretenimento, em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha Captcha Reload